uk flag

  COZINHALTERNATIVA  

tinymce.init({ selector: "textarea", formats: { bold: {inline: 'b'}, italic: {inline: 'i'} }, valid_elements: "b,i,b/strong,i/em" toolbar: "bold italic underline" });
cozinhAlternativa
Receitas veganas • Culinária simples

Dry Brushing ou Escovação a seco, benefícios e como fazer

Uma técnica simples, barata e muito eficaz

 

Nós escovamos os cabelos, os dentes mas e a nossa pele? Provavelmente essa ideia não é tão popular quanto escovar os dentes toda manhã, não é mesmo? Nesse artigo vou te contar sobre os benefícios em adotar essa prática na sua rotina diária e como fazê-la de maneira correta.

Dry Brushing é literalmente o que o termo significa: escovar a pele de um jeito específico utilizando uma escova seca, começando pelos pés e mãos indo em direção ao peito.

Essa prática tem ganhado popularidade nos Spa’s pelo mundo afora por conta dos seus muitos benefícios que vão desde uma pele mais macia e bonita até eliminação de toxinas. 

Meu primeiro contato com o termo Dry Brushing aconteceu quando eu estava em uma loja de produtos naturais, e no meio de todos os óleos essenciais, shampoos sólidos, sabonetes ecológicos estavam lá, as escovas. A princípio pensei que fossem escovas de cabelo, olhei novamente e elas me lembraram aquelas escovas utilizadas para escovar cavalos rsrsrs, curiosa que sou, perguntei para o atendente a finalidade das escovas diferentonas.

Ele prontamente disse “para escovar a pele”

eu “a pele?”

ele ” sim, a pele. Antes do banho, toda manhã, sua pele vai ficar renovada, vai te dar energia e estimular a desintoxicação do corpo” 

Você já devem imaginar o quanto essa informação mexeu com a minha cabeça hehehe certo? Voltei para casa e me afundei em pesquisas sobre o Dry Brushing, e na manhã seguinte lá estava eu, sentada no vaso, escovando minha pele antes de entrar no banho. 

A primeira coisa que eu pensei foi “como eu nunca fiz isso antes?” a sensação foi muito boa, o toque da escova na pele é muito gostoso, eu particularmente amo qualquer coisa que estimule a minha pele, massagens, cafuné, pressão de água etc. O Dry Brushing me conquistou imediatamente pela sensação de bem estar apenas em sentir a escova em contato com a minha pele. Em seguida eu senti uma estimulação, era cedo, eu estava sonolenta e à medida que fui escovando senti meu corpo acordando e se energizando. Por fim, depois da escovação e do banho senti minha pele de fato mais macia e mais limpa. 

Eu não faço todos os dias, mas procuro fazer pelo menos 4 vezes na semana. Lembrando que é um hábito barato que não exige a compra de cosméticos caros, além de ser um momento quase íntimo de você para você repleto de carinho e cuidado. Se você deseja obter benefícios com a técnica o ideal é que você faça por no mínimo um mês antes de tirar à respeito.

 

Benefícios comprovados do Dry Brushing

 

A pele é o maior órgão do corpo. Muitas vezes negligenciamos essa informação e não tratamos a nossa pele com o devido cuidado e atenção que ela merece. Um terço das toxinas do nosso corpo são eliminadas pela pele e quando os poros estão entupidos ou há acúmulo de toxinas na pele, alguns problemas dermatológicos podem surgir. Com sorte temos o Dry Brushing para abrir os nossos poros e retirar mecanicamente as toxinas que ficam grudadas na nossa pele. Mas calma, esse é apenas um dos benefícios da técnica. Veja os outros benefícios incríveis da técnica.

 

1.É um poderoso esfoliante

Esqueça os esfoliantes caros, escovando a pele a seco você garante uma pele bonita, macia e esfoliada todos os dias, o ano inteiro.

 

2. Estimula o sistema linfático

O sistema linfático é uma parte importantíssima do sistema imunológico. É composto por gânglios linfáticos, dutos, e vasos que transportam a linfa por todo o corpo. Defensores da técnica afirmam que o Dry Brushing estimula o fluxo linfático auxiliando a desintoxicação natural do corpo. No português, ajuda a retirar do corpo todas as coisas tóxicas que ocasionam doenças e mal estar.

 

3. Abre e limpa os poros

Como já citado anteriormente, um dos maiores benefícios da técnica é o desentupimento dos poros. Limpando os poros, você está retirando da sua pele óleo, sujeira e resíduos. Além disso, com os poros abertos e limpos a pele consegue absorver muito mais nutrientes e água.

 

4. Reduz celulite

Não vou entrar aqui em discurso de padrão de beleza envolvendo celulite, ok? Celulite nada mais é do que material tóxico acumulado nas nossas células de gordura. Esse material fica preso no nosso corpo, podendo causar inflamações mais graves. Não existe muito material comprovando essa afirmação, mas, entusiastas do Dry Brushing afirmam que a técnica reduz a celulite pois atua na quebra e na eliminação de toxinas pelo seu canal natural, a pele.

5. Melhora a circulação sanguínea e dá energia 

A recomendação é que você escove a sua pele sempre pela manhã, nunca à noite. Essa indicação não é ao acaso. O Dry Brushing estimula e aumenta a circulação sanguínea e promove o aumento da energia corporal. O ideal é adotar a técnica como rotina matinal, ajudando o seu corpo despertar, evitando o excesso de estímulos à noite. 

 

Qual escova escolher?

Depois da minha pesquisa, descobri que existe um vasto mercado de escovas especiais para a escovação da pele. A maioria delas tem “cerdas naturais” quando você ver esse termo, fuja, se você é vegana rsrs. Isso porque as tais cerdas “naturais” são feitas com pêlos de animais, como cavalos e esquilos. Para a nossa sorte, nas lojas naturais, geralmente vegan-friendly, você encontra escovas veganas para realizar o Dry Brushing. Opte por uma escova vegana, sem cerdas de origem animal! 

A escova mais indicada para o corpo é com cerdas médias, não muito duras. Para o rosto, não utilize a mesma escova, opte por uma com cerdas mais macias. É indicado trocar a escova a cada 6 meses ou um ano. A higienização da escova deve ocorrer a cada duas ou três semanas, lavada apenas com água e um sabão suave.

Se você não planeja comprar uma escova mas está curiosa para testar a técnica eu recomendo que você faça com uma bucha vegetal seca, ou uma escova de cabelo com cerdas que não irão arranhar ou danificar a sua pele. Desta forma você pode testar e avaliar como se sente para depois comprar uma escova especial para realizar a técnica.

 

Como fazer o Dry Brushing?

Comece pelos pés e vá subindo em direção às pernas. Tente fazer no mínimo 10 vezes em cada parte para que a linfa flua. A indicação é que os movimentos sejam em direção ao peito/coração onde a drenagem linfática é mais potente.

Faça o mesmo processo nos braços, comece pelas palmas das mãos e vá subindo em direção ao peito.

Na região do estômago e axilas, faça movimentos circulares no sentido horário. 

A pele fica com uma coloração rosada, nunca vermelha ou arranhada. Se você sentir dor, use menos pressão, a técnica não é dolorosa ou agressiva. Diminua a intensidade se você sentir dor ou irritação na pele.

Pessoas que têm a pele sensível ou doenças de pele: Não é indicada a escovação diária. Utilize cerdas mais macias e hidrate a pele após o banho. Aqui em casa a técnica já é um sucesso. Eu só vi pontos positivos até agora. Além de ser uma rotina barata ela proporciona um momento gostoso de autocuidado pela manhã ♥

 

E você? Já ouviu falar sobre o Dry Brushing? Deixe um comentário contando a sua experiência com a técnica. Informações e curiosidades são bem vindas.

Se gostou da matéria não esqueça de compartilhar nas sua redes!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar este post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *